quinta-feira, 2 de abril de 2009

Nem tudo são flores...mas...


- Então...o que você está sentindo?

- É que a minha menstruação está atrasada...uns dias, sabe?!

- Ah! Você deve estar grávida!

Silêncio. E aquele pensamento: "Céus! É mesmo...como sou estúpida! E agora?!"

- Vou solicitar um bHCG...

Sangue no tubo. E aquele pensamento: "Não é possível...comigo não..."

Sala de espera, angústia, medo, sensações estranhas... E o resultado:


POSITIVO


Em negrito, gigantesco, para que não reste dúvidas.

E então começa a saga. Agora os enjoos matinais estão explicados... daqui uns dias não serão apenas matinais.

O cabelo começa a cair, você quer comer algo que não gosta e come como se fosse chocolate, as coisas que você adorava comer lhe fazem vomitar e você tem de viver a base de Dramin, o sono é tão grande que dá vontade de deitar no chão e tirar um cochilo, suas pernas queimam, doem demais e quando você se dá conta lá estão elas: verdes, em alto relevo, bifurcadas em suas pernas. VARIZES!

Em seguida vem a azia e a fome não passa! É dor em tudo quanto é parte, sobretudo nas costas e costelas e sabe o que o médico faz? Ri e diz que é normal, afinal seu corpo está em expansão. Creio que expansão não seja uma palavra apropriada para o sexo feminino, imagina...estou expandindo! Como o Universo!? Céus...não é tão fácil assim.

E ninguém mais quer saber de você, só perguntam pelo bebê e a resposta é clara: "Ele está ótimo!...eu que estou uma merda"

Tudo muda. Até meu nariz!

Você se torna 8/80...ou você vive com vontade de matar um com seus dentes...ou você vive com vontade de se esconder para chorar e nem sempre dá pra se esconder, mas você acha que a gente deixa de chorar por isso? Não mesmo, é tanto sentimento encanado que choramos na frente dos outros despudoradamente!

A única coisa que sei mesmo é que não sou mais a mesma e isso me assusta. Só o fato de chorar...putz.

Mas a sensação é única, só em pensar que há uma vida dentro de você, que está todo formadinho e que a cada dia que passa cresce um pouquinho, que tudo que você sente...ele sente e tudo o que você come ele também come e que tudo o que você tem de bom ele suga pra ele, te deixando na mão e completamente faminta. O amor é tão forte que nos faz esquecer dessas coisas pequenas, acreditem.


6 comentários:

mcruz disse...

bonito isso mari, muito bonito. a minha ficha finalmente caiu. lindo seu texto.

Susu. disse...

Oi Mariana,parabéns pela gravidez!!
Agora que entendi o seu sumiço...
beijos de saudades.

Anônimo disse...

Menina, o ultrassom revelou a maior façanha de teu bebê! Os cabelos!!! Very hair! Parece que tem uma franjona na testa!
Bebês já nascem com franja?

bjos, querida. ( ainda bem que sempre pergunto pela Hep, já que o bebê é tão requisitado).Ponto para mim, linda !

Neide Tereza

DIARIOS IONAH disse...

Ora Vivas Mariana, finalemnte entrou em campo e deixa registrado os sentimentos...
agora voce não eh apenas o Universo,
voce carrega o Universo dentro de si...e isso
eh bom, pois mesmo todo o egoismo
se dissolve a frente de todo este misterio que eh a criação....
esta diferença que faz a guerra entre homem e mulher ser eterna...

olhodopombo disse...

Mariana da noticias,,,,
como esta o bebe?
a barriga, mostra pra nos, simples mortais,,,,

DIARIOS IONAH disse...

ainda penso que voce voltara ao blog...